Parece que há mesmo um sentido
envolvendo tudo, sim.
Sinto isso.
Mas sinto mais...
não descobri ainda, em mim, esse como e o porquê...


quarta-feira, 3 de outubro de 2012

O que é a Beleza? É possível defini-la?


Esta questão esteve em aberto no Yahoo(*) e por alguma razão técnica ou idiossincrática do site, meus comentários finais não puderam ser feitos ao fechá-la.  Faço-os aqui onde me refugio.

A primeira resposta foi como eu previra, isto é: A beleza é como os olhos veem.
Ao replicar obtive um complemento da mesma natureza. Assim...

*´¨)
¸.•´
(¸.•*¨*•►Refletindo sobre a questão

Cegos não enxergam mesmo a Beleza! Os cegos da alma.

Porque os olhos são um dos sensores do cérebro para enxergar, mas não os únicos.
E enxergar não é olhar. Há os que tem olhos e não veem, como os que têm ouvidos e não ouvem.

A Beleza é um eco. É uma resposta vibratória como dois diapasões calibrados à mesma frequência. Um responde quando o outro é tocado.

Diz um poeta que a Beleza só é perceptível àquele que consegue fazê-la despertar dentro de si. Ninguém que não a tenha em si, consegue vê-la e senti-la. Não é um diapasão do tom exato. Disse ainda, num poema, falando de amor: "Quando te vi amei-te já muito antes. Tornei a encontrar-te quando te achei".

E é possível defini-la? Definir não é delimitar? Para isso as palavras são pobres, porque não há vocábulos exatos para as sensibilidades. Isso ocorre com a dor, com a tristeza, com a alegria, com o amor e com a felicidade.

Caminhamos aqui por vários conceitos de tantos amigos e o que se extrai é pura sensibilidade, mas não definição, porque seria como cercar o arco-íris.

"são padrões-visuais?" [danilooo] ou "aquilo que se sente bem"[?],
"o que vemos e desperta admiração como um assombro"[Taisu],[Johnny]
Ou a "simetria" que encontramos na natureza, nas pessoas pelos olhos de quem vê [?]
Fazemos parte da beleza que vemos? Somos nós mesmos na forma pura?[Gabriel]
Poderia talvez ser uma resposta ao prazer que buscamos[Carla]
Estaria conectada à sensação de felicidade[Anderson Lost]
Uma emanação da alma encantada que percebe a vida intensamente[Sunshine]

Talvez isso! Um encantamento! Um êxtase!

Um mergulho interior que nos dilui na cósmica vibração do Todo!

Agradeço a todos os amigos que participaram deste enlevo e que, não podendo ler no YR fazem-no aqui.




                                                               ♪              ♫                 ♪


4 comentários:

  1. Obrigada YESNO, PELO CARINHO DE DEIXAR COMENTÁRIOS SOBRE NOSSAS RESPOSTAS....Foi uma honra poder responder seu post tão belo e encantador... Me senti lisonjeadíssima!!! Obrigada.. paz ..amor.. sabedoria sempre... Sunshine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que fico lisonjeado com presenças tão carinhosas.
      O que sempre nos aperta a alma é não poder escolher muitos porque o sistema é tirânico. Mas ficam os abraços entregues a cada um sem distinção.
      Abreijos (com sol de outubro e pães de queijo)

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Será que existe algo mais belo do que um coração puro?
    Aquele coração onde existe aquele que fala o apóstolo Paulo.
    Onde não se suspeita mal, em que não existe a desconfiança, a intriga, a intolerância, a impaciência.
    E, principalmente a ingratidão.
    Como é linda uma alma grata.

    ResponderExcluir